O apoio de Trump aos que lutam pela liberdade em Hong Kong

Qual a diferença entre os manifestantes no Chile e os de Hong Kong?

A resposta é que os de Hong Kong lutam contra um governo opressor justamente para se livrar das coisas que os manifestantes do Chile estão quebrando tudo para ter.

Essa regra vale para quase todos os protestos "espontâneos" atualmente em curso na América Latina. Não que a população destes países não deva ou não possa se manifestar contra QUALQUER problema que julguem pertinente. É só que fica clara a diferença quando grupos de extrema esquerda se infiltram nas manifestações para fazer da violência o argumento número 1.

Trocando rapidamente a pauta da liberdade e da justiça pelos interesses políticos destes grupos extremistas.

Em Hong Kong, onde os cidadãos foram desarmados pelo governo que agora os violenta nas ruas, a noção de liberdade é bem mais valorizada. Tanto que a bandeira dos Estados Unidos é utilizada como símbolo pelos manifestantes. Sim, o mesmo país que a esquerda ataca diariamente (mas adora passar as férias) é o que inspira o povo de Hong Kong a lutar contra a opressão estatal Comunista que controla praticamente todos os aspectos de suas vidas.

Sabendo da importância simbólica do modo de vida americano Trump comprou a briga e se posicionou a favor dos manifestantes. Aprovou uma lei que prevê sanções aos Chineses caso os direitos humanos não sejam respeitados em Hong Kong. A medida pode parecer de pouco efeito, pois os EUA não têm como fiscalizar precisamente o que acontece por lá.

No entanto o efeito moral é gigantesco. Os manifestantes se sentirão encorajados e o governo comunista chinês pensará duas vezes antes de apelar para outro massacre como o que perpetraram na Praça da Paz em 1989.

Todo apoio aos que lutam contra a verdadeira opressão, aquela que retira seus direitos individuais em nome de um suposto bem coletivo.

Frederico Rodrigues

Escritor, Tradutor e Comentarista Político. Membro da Direita Goiás e Conservadores Pela Liberdade.
Colunista do Jornal da Cidade Online e Graduado em Direito.
Nascido nos anos 80, criado nos anos 90. 

Apoie a independência do nosso trabalho. Colabore com qualquer valor acessando: apoia.se/fred_rodrigues

Comentários

Mais em Internacional